MAURICIO DE SOUSA
Considerado um dos principais nomes da indústria criativa brasileira e o maior alfabetizador informal do país, Mauricio de Sousa iniciou sua carreira como ilustrador na região de Mogi das Cruzes, próximo de Santa Isabel, onde nasceu. Aos 19 anos, mudou-se para São Paulo e trabalhou no Jornal Folha da Manhã (atual Folha de São Paulo), escrevendo reportagens policiais. Em 1959 criou seu primeiro personagem, o cãozinho Bidu. A partir daí vieram, Cebolinha, Cascão, Mônica, e tantos outros. Em 1970, lançou a revista Mônica. Depois de passar pela Editora Abril e Editora Globo, assinou contrato com a multinacional italiana Panini, e hoje domina 80% do mercado de quadrinhos brasileiro. Seus personagens falam com todas as gerações: por meio do projeto Graphic MSP, artistas nacionais recriam o universo da Turma da Mônica em títulos voltados para o público adulto. Cerca de 150 empresas nacionais e internacionais são licenciadas para produzir mais de três mil itens com os personagens de Mauricio de Sousa, conhecidos de mais de 93%  dos brasileiros e presentes em animações e games nas mais diversas plataformas, espetáculos ao vivo, exposições e parques temáticos. Suas criações chegam a cerca de 30 países.  A personagem Mônica é embaixadora do Unicef desde 2007.